Será que o gato escolhe o dono?

Compartilhar:


Gato escolhe o dono

Os gatos são pets que, pelo seu tamanho e agilidade, conseguem se virar mais facilmente. Mas e quando você quer adotar um, será que é você ou o gato que escolhe o dono?

Diferente dos cachorros que são mais dependentes dos seus tutores em relação a cuidados, os gatos são mais independentes. Não que isso impeça que o felino possa demonstrar afeto pelo seu tutor. 

Entretanto, para isso, é importante que você saiba como cuidar de um gato e fazer com que ele goste da sua companhia

Como saber se o gato te escolheu?

Mesmo que gostem de ficar na deles, não dá para negar que gatos são bons parceiros. Além do seu pelo que o faz ficar com um aspecto fofo, ele é um pet silencioso e quando está animado, adora brincar.

Se você quer saber se o gato te escolheu como tutor dele é pelo fato de que ele aceitou morar na sua residência e passa muito tempo com você

Como eles podem caçar seus alimentos na rua e podem se entreter em outros lugares, se ele optou em permanecer na sua casa e gosta de ficar próximo de você, saiba que seu gato te escolheu como tutor.

No caso de gatos de rua, se ele apareceu na sua porta e não foi mais embora, então ele te escolheu como dono.

Outro sinal que confirma como o gato escolhe o dono é pelo comportamento. Se ele ronrona perto de você e te pede carinho, saiba que ele confia e gosta de você.

Entretanto, esse comportamento pode variar para cada gato, dependendo do humor que ele se encontra no momento.

O que fazer para o gato se acostumar com você?

Gato escolhe o dono

Caso você tenha adotado um gato e ele não demonstra um comportamento afetuoso, ou se ele foge da sua casa a todo momento e não retorna mais, talvez ele ainda não tenha se acostumado com você.

Para reverter essa situação, você pode ir ganhando a confiança do gato com o tempo. 

Saiba que gatos buscam refúgio em casas atrás de comida e conforto. Por isso, ofereça a ele ração de qualidade, água limpa e fresca e se quiser, até mesmo petiscos. Entretanto, não exagere na quantidade.

Mesmo que os gatos sejam conhecidos por deitar em lugares aleatórios como superfícies de computadores, cadeiras e de móveis, separe um local para ele dormir em uma caminha quente e confortável.

Tendo um lugar seguro para descansar, o gato se sentirá mais à vontade na sua casa e pode preferir permanecer no local.

Brincadeiras e carinhos também são necessários para ganhar a confiança do seu pet. Caso o seu gato seja muito arisco, não faça carinho nele quando ele estiver dormindo.

Prefira interagir com o pet quando ele acordar. Desse modo, você evita assustar o gato.

Acessórios como brinquedos e pentes para escovar são uma boa opção para o tutor aproveitar a companhia do pet.

Cuidados necessários com seu gato

Agora que o gato gosta do tutor, você deve saber como cuidar do seu animal.

Além da alimentação, é importante que você cuide da saúde do gato. Leve ele ao veterinário quando precisar e mantenha a carteira de vacinação do pet atualizada.

Dê banhos quando for necessário e utilize shampoo para gatos, que além de limpar o animal, evita que ele tenha pulgas e carrapatos.

Lembre-se de lavar sempre o bebedouro e o comedouro do seu gato. Desse modo, você evita que ele consuma sujeiras na comida.

Escove o pelo do seu pet semanalmente. Como os gatos soltam bolas de pelo, reduzindo os fios que ficam soltos, você diminui eles pela casa e ajuda no processo de limpeza do gato.

Mesmo que possam sobreviver nas ruas, os gatos ainda precisam de cuidados quando são adotados. Mas além de ração e brinquedos, saiba que eles também precisam de muito amor e carinho.

Esse é o jeito mais fácil de conquistar a confiança do pet e ainda fará com que ele escolha você como tutor.

E se gatos são a sua paixão, você pode acessar mais conteúdos relacionados a eles:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário